Concelhos

JOÃO DE ARAÚJO CORREIA Evocado na Fundação Aquilino Ribeiro pelo Grémio Literário Vila-Realense

No âmbito da jornada do ciclo “Os Lugares de João de Araújo Correia”, o ‘Grémio Literário Vila-Realense’, uma singular instituição criada pela autarquia de Vila Real que estuda e promove a Literatura Transmontana e Alto-Duriense, visitou Moimenta da Beira e foi à Fundação Aquilino Ribeiro, em Soutosa, evocar João de Araújo Correia, considerado por muitos o melhor prosador realista português, a par de Eça de Queirós, mas injustamente ignorado. Aconteceu tudo no passado sábado, 18 de junho.

Em Moimenta da Beira a visita foi guiada e iniciou-se no Terreiro das Freiras, onde o grupo visitou o nobre centro histórico da vetusta vila, composto por diversos e elegantes edifícios com história, como o Solar das Guedes, o Convento Beneditino de Nossa Senhora da Purificação, a Fonte da Pipa e a réplica do antigo Pelourinho de Moimenta da Beira. A visita incluiu ainda uma ida ao miradouro de Nossa Senhora da Conceição, em Castelo.

Depois, em Soutosa, já na Fundação Aquilino Ribeiro, foi então feita a evocação a João de Araújo Correia, por Helena Gil, antiga Diretora Regional de Cultura do Norte e atual Presidente da Direção da Tertúlia com o nome do escritor, e por Elísio Amaral Neves, colaborador do Grémio Literário e responsável pelo grupo.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Veja Também
Fechar
Botão Voltar ao Topo

Adblock Detectado

Por favor desative o Ad Blocker neste site