Regiões

Município de Tarouca entrega dispositivos de teleassistência a idosos do concelho

De sorriso estampado no rosto, com imensa alegria de viver e muitas histórias para contar, a D. Maria, de 85 anos, recebeu hoje o seu dispositivo de teleassistência que a acompanhará 24 horas por dia.

No âmbito do protocolo celebrado entre o Município de Tarouca e a Guarda Nacional Republicana (GNR) para a implementação do Projeto “EGuard – Sistema de teleassistência a idosos”, a Vereadora da Ação Social da Câmara Municipal de Tarouca, Susana Gouveia, acompanhada pelos agentes da Secção de Prevenção Criminal e Policiamento Comunitária do destacamento territorial da GNR de Lamego, entregou o primeiro de vários dispositivos, que permitirão aos idosos que vivem em situação de isolamento ou maior vulnerabilidade terem uma resposta permanente da GNR em caso de emergência.

“Esta é uma iniciativa de extrema importância para a melhoria da qualidade de vida dos nossos idosos, e que vem complementar o conjunto de projetos que esta autarquia tem levado a cabo no sentido de promover respostas integradas no âmbito da prevenção e promoção da qualidade de vida da população mais vulnerável do nosso concelho, de que é exemplo a nossa unidade móvel de saúde, que diariamente percorre todo o território, assim como o Rejuvenescer Tarouca, que trabalha com os nossos seniores ao nível da literacia digital, artes plásticas e educação física”.

O equipamento associado ao sistema “EGuard” trata-se de um objeto do tamanho de um comando de portão, com apenas um botão que, quando premido durante mais de 3 segundos aciona uma chamada SOS para a GNR. Este dispositivo poderá ser utilizado caso o idoso presencie ou seja vítima de crime ou de uma situação de perigo ou, no caso, por exemplo, de doença súbita e/ou queda. O utente fica na posse de um equipamento, que pode usar ao pescoço, e que permite comunicar de forma bidirecional, definir um perímetro de segurança e alertar em caso de imobilidade. A sala de situação da GNR recebe os alertas e aciona os meios de socorro. Se os aparelhos se mantiverem inativos por mais de 12 horas, os militares tomam a iniciativa de contactar os idosos sinalizados.

Artigos Relacionados

Veja Também
Fechar
Botão Voltar ao Topo

Adblock Detectado

Por favor desative o Ad Blocker neste site